Home / Recomendadas / Reforma de túmulos ficaram em segundo plano em 2016

Reforma de túmulos ficaram em segundo plano em 2016

O prazo para as reformas de túmulos nos cemitérios, antes de finados esta chegando ao final

cemiterio1-620
Neste ano uma queda em média 30% no desejo dos donos de túmulos  em realizar reformas ou melhorias nos jazigos, comparado com 2015.

 

Apesar da proximidade da data de finados, o movimento este ano teve uma queda de cerca de 30% em comparação a 2015, esse dado foi registrado pela Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Cascavel PR (Acesc). A queda deve se repetir em todo Brasil, acredita o órgão, se deve se à atual crise econômica.

No Brasil os cemitérios públicos recebem os maiores números de descasos e abandono de túmulos pelos familiares. uma imagem degradante e de total desprezo que desafia as autoridades e demais órgãos administradores de cemitérios.

tumulos-abandonadosUma boa parte esta na dificuldade é de localizar os donos ou responsáveis pela administração dos túmulos. Quando o cadastro em sua maioria com o tempo desatualizado e deficiente o que dificulta a comunicação com os familiares.

Este ano inúmeros cemitérios estarão realizando uma força tarefa para atualização cadastral, afim de aproveitar ao máximo os espaço públicos, levando em conta a dificuldade nas licenças ambientais para ampliação ou até construção de novos cemitérios.

Os proprietários ou responsáveis por túmulos em cemitérios públicos municipais devem manter seus cadastros sempre atualizado, informando mudanças de endereço, telefone e se por ventura o responsável já faleceu e este não foi sepultado naquele local. É dever dos familiares atualizar as informações cadastrais, evitando a retomada do espaço pela prefeitura ou outro órgão administrador.

Veja Também

destaque evento BA

Capacitação em vendas e Atendimento de Planos Funerários

SINDEF BA promove curso de capacitação em vendas e atendimento de planos funerários 09 de Dezembro ...