Home / Curiosidade / Velórios diferentes pelo mundo

Velórios diferentes pelo mundo

Conheçam os velórios mais estranhos pelo Mundo

o-jogador-willie-stokes-jr-ele-foi-enterrado-em-um-caixao-que-lembra-ao-carro-cadillac

O jogador Willie Stokes Jr. Ele foi enterrado em um caixão que lembra ao carro Cadillac Seville e que ainda faróis que piscavam, para-brisas e uma placa com apelido de “Wimp”, que significava Willie

seu-cadaver-foi-colocado-contra-a-parede-vestido-como-um-rapper

Medina foi morto a tiros e jogado sobre uma ponte de cueca, em 2008. Por isso, seu cadáver foi colocado contra a parede, vestido como um rapper e com seu favorito boné New York Yankees

taxista-morto-velado-no-carro

O taxista porto-riquenho Victor Perez Cardona 73 anos era bastante brincalhão e tinha um último desejo após sua morte: ser velado dentro do táxi que ele dirigiu nos últimos 15 anos.

David-Morales-foi-velado-em-cima-da-moto

David Morales, de 22 anos, trabalhava fazendo entregas e havia acabado de ganhar a moto – uma Honda CBR600 F4 – de um tio. A funerária Marin organizou tudo para que os amigos e familiares do morto fossem se despedir de Morales quando ele estivesse montado no veículo

O-boxeador-profissional-Christopher-Rivera

O boxeador profissional Christopher Rivera também foi embalsamado de forma diferente. Seu corpo estava vestido com um robe de boxe preto estampado com as palavras “Graças a Deus” que ele costumava usar nas lutas.

O-velorio-de-Miriam-Burbank-teve-exposição-de-fotos

.“Mae-Mae”, como era conhecida Miriam Burbank, ficou sentada em uma mesa com cerveja, uísque e cigarros perto. Para completar, suas unhas foram pintadas com as cores do seu time favorito de futebol americano.

músico-de-jazz-Lionel-Batiste-foi-velado-em-pé

Em 2012, com a morte do músico de jazz Lionel Batiste, um estilo bem esquisito de funeral ganhou destaque. Batiste foi velado de uma forma bizarra e numa posição inusitada. Ele foi colocado no velório de pé, apoiado em um poste de luz, com as mãos na bengala e com um chapéu na cabeça

porto-riquenho-Renato-Garcia-foi-velado-de-lanterna-verde

O velório do porto-riquenho Renato Garcia ganhou destaque em vários jornais do mundo. Ele morreu aos 50 anos e foi velado desta maneira, vestindo de Lanterna Verde, em pé junto a parede do apartamento da irmã, em San Juan

Chadil Deffy e sua noiva morta

Chadil Deffy se casou com a namorada morta. Ann Kamsuk foi morta em um acidente de carro. A cerimônia macabra aconteceu durante o velório.

Veja Também

como-se-comportar-discretamente-em-um-funeral

Como se comportar em um funeral

Funerais são ocasiões onde a tristeza e as emoções estarão muito exaltadas. Um ritual de ...