Home / Mais Lidas + / Taxista morto é velado dentro do próprio carro

Taxista morto é velado dentro do próprio carro

O taxista porto riquenho, teve seu desejo realizado pelos familiares. Ser velado dentro do seu táxi 

taxista-morto-velado-no-carro

A família não pensou duas vezes quando aconteceu o falecimento do taxista de Porto Rico Víctor Pérez Cardona. Procuram a ajuda de uma funerária especializada em atendimentos fúnebres inusitados e o ultimo desejo do taxista foi realizado pela família. O corpo do taxista de Porto Rico Víctor Pérez Cardona foi embalsamado, e o funeral aconteceu em grande estilo.

10Ele estava vestido com uma camisa azul, gravata, luvas e chapéu. Tirando o fato de estar com os olhos fechados e imóvel, poderia muito bem ser confundido com um motorista vivo. A filha do taxista, Generosa Perez, fez jus ao próprio nome e atendeu ao inusitado pedido do pai, feito no leito de morte em ser velado dentro do Toyota Corolla e sua última corrida fosse uma homenagem póstuma no carro onde trabalhava.

Sendo velado dentro do TaxiPela foto da cerimônia, parece que o taxista está apenas tirando uma soneca com as mãos ao volante, mas ele, na realidade, já tinha passado desta para melhor havia algumas horas.

E o funeral foi feito do jeito que ele tinha imaginado, em Aguas Buenas, Porto Rico. O carro foi colocado dentro do salão, com uma coroa de flores no banco traseiro.

Parentes de Cardona fotografaram o morto, alguns sentaram-se no banco do carona para fotos, enfim se despediram do amigo no ambiente que ele mais gostava. Todo evento somente foi possível com um trabalho de embalsamamento do corpo para que a cena pudesse ser realizada. O enterro foi feito no dia seguinte.

Gostou de ficar sabendo?

Receba outras como essas no seu Email e WhatsApp

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Número WhatsApp com DDD

Aceito receber conteúdos desse Portal.

Veja Também

sinal curtir no facebook

Há um grande Cemitério nas redes sociais

A redes sociais acumulam milhares de perfis de pessoas mortas Com o avanço das redes ...